UniDiversidade
das Kebradas

Contato:

Giselle Paulino

gipaulino@hotmail.com

Cel: +55 21 99777-3349

Siga:

 Projetos 

Jornada da Desaprendizagem
 
Desconstuir, desprogramar e desaprender. Esta jornada pelas kebradas de São Paulo é um convite a deixar para trás antigos conceitos que o sistema estabeleceu como verdades, como pobreza, escassez, sucesso, trabalho, felicidade, entre outros. A partir de experiências e vivências ao lado dos Mestres das Kebradas e seus projetos, esta jornada mostra na prática como outros sistemas inovadores e socialmente justos são possíveis. Será uma imersão em humanidades, nutrição, expressão e inversão de valores, onde todos os sentidos são estimulados.
Universidade das Avós
 
Nada tão poderoso quanto o amor dos avós por seus netos. E se pudéssemos levar esse sentimento para a sociedade? E se a sabedoria dos mais velhos fosse respeitada? Essa é a Universidade das Avós, iniciativa que abre espaços para encontros e trocas de experiências entre jovens e idosos nas kebradas e foca nos cuidados que os avós precisam para se desenvolver.
Cozinha da Terra
 
Da forma deliciosa, esta jornada tem o objetivo de quebrar as barreiras da cozinha gourmet que fica entre paredes e mostrar que cozinhar é um ato social, político e biodiverso. É uma jornada que começa na terra e vai muito além do prato, que une as pessoas em torno do alimento e forma comunidades. Dos mercados centrais às periferias de São Paulo, vamos conhecer a terra que produz os alimentos, os frutos de diferentes biomas e a gastronomia de raiz que emerge como resistência em locais como São Miguel Paulista, Parelheiros, Jardim Nakamura e no Morro da Babilônia, no Rio de Janeiro.
Da comunidade para o mundo!
 

E se a construção de uma sociedade mais ecológica e justa estivesse na pauta das relações internacionais? E se os povos dos países do Sul pudessem se encontrar para discutir seus conhecimentos e trocar experiências práticas? E se os mestres das kebradas pudessem conhecer os sábios mestres indianos? E se os agricultores do Brasil, dos países africanos e da Índia pudessem conversar sobre como alimentar o planeta?

 

Da comunidade para o mundo! Este projeto estimula a participação das comunidades e de seus líderes na Ecoversities Alliance, rede de mais de 100 comunidades em 40 lugares no mundo que reivindicam suas próprias formas de aprender de acordo com suas culturas e tradições. Mais informações em: ecoversities.org.